Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

Azáfama

Na edição de ontem do Jornal da Noite foi possível escutar o testemunho particularmente dramático de uma docente, para quem parece estar a ser cada vez mais difícil conciliar a actividade lectiva com a contestação implementação do actual modelo de avaliação de professores: «Saí da escola directamente para aqui [para a manifestação], tenho testes para corrigir, tenho duas turmas de testes para corrigir, há quase duas semanas. Não tenho uma hora disponível neste tempo todo, não é possível continuar a trabalhar assim»

Vídeo
por SF às 01:08
link do post | comentar | ver comentários (2)
Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

Quem se mete com o PS, desanda?

No dia em que se juntaram todos e decidiram que o Zé, feitas as contas, já não faz assim tanta falta como parecia, o Bloco de Esquerda fez questão de recordar, malgré tout, o quanto Lisboa e os lisboetas ficam a dever a José Sá Fernandes em resultado do seu ano e pouco de mandato como vereador investido da confiança política da malta do Bloco.

A lista é extensa e dela constam «a transparência na área do urbanismo», uma melhor «acessibilidade dos cidadãos à vida municipal»  e maior «participação dos munícipes», o Plano e os recibos verdes - o princípio daquele e o fim destes.

Mais generoso, Daniel Oliveira credita ainda ao vereador a «apresentação» (!?) dos corredores BUS e das pistas cicláveis e termina reconhecendo alguns passos, é certo que tímidos, mas ainda assim na direcção certa, em matérias tão sensíveis como a reabilitação urbana e o regabofe de empresas municipais.

Chegados ao fim da lista de realizações do vereador, é impossível não concluir que nunca tão poucos - na verdade um só, mesmo que investido da confiança política da malta do Bloco - fizeram tanto. Em tão pouco tempo e com tão poucos recursos, deve acrescentar-se.

E o que faz a malta do Bloco a um vereador deste calibre? Obviamente dispensa-o, acusado de colaboracionismo com o governo socialista instalado na Praça do Município. Retiram-lhe a confiança politica da malta do Bloco, conscientes de que, sem esse super-pooder, Sá Fernandes será doravante uma resquício do vereador que foi.

por SF às 19:35
link do post | comentar
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Choque fiscal

Durão Barroso fará amanhã a apresentação do plano da Comissão Europeia para relançamento da economia dos 27, sendo que entre as medidas que serão propostas se encontra a descida do IVA. Um verdadeiro "choque fiscal", agora em versão pan-europeia.

 

por SF às 18:54
link do post | comentar
Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Um país, dois sistemas

Sindicatos e governo usam diferentes sistemas de contagem, é sabido. A já célebre fórmula dos 10% (ou 1000%, consoante a perspectiva), utilizada na contagem de grevistas, parece estar agora a ser utilizada também para a contagem de manifestantes.

Pela minha parte até admito, no que toca a contar grevistas, que a coisa possa dar para o torto porque se trata de contar pessoas que "não estão", e que "não estão" um pouco por todo o país. Agora, manifestantes?! Ali, todos juntinhos numa Praça ou numa Avenida?!...

por SF às 19:44
link do post | comentar
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

E agora, professor Nogueira?

O modelo de avaliação dos professores que resulta das alterações introduzidas, quer pelo famigerado Memorando de Entendimento, quer na sequência da reunião extraordinária do Conselho de Ministros desta tarde,  já nada tem que ver com o modelo inicialmente proposto.

Vai o professor Mário Nogueira continuar a insistir na suspensão de um modelo de avaliação que manifestamente já não existe? Faites vous jeux!...

por SF às 19:26
link do post | comentar

«Al-Qaeda avisa Barack Obama»*

Está?... Obama?!... Aqui Osama!...

 

* Sapo/AFP

 

por SF às 00:18
link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 19 de Novembro de 2008

Hummm, estou a ver

Á saída do Ministério da Educação, o professor Mário Nogueira deixou claro que não abandonava a reunião, apenas saía «mais cedo do que o previsto». Não esclareceu, porém, se estava a ser irónico.

por SF às 14:49
link do post | comentar

Próximo!

Neste blogue não se morre de amores por Manuela Ferreira Leite, muito embora seja recordada com saudade a memória dos seus dias na S. Caetano, à Lapa.

por SF às 04:14
link do post | comentar
Terça-feira, 18 de Novembro de 2008

Uma canseira, é o que é!

Honra seja feita, daqui até ao Natal os professores não vão ter parança, a começar pelas manifestações em todas as capitais de Distrito, nas regiões Norte, Centro, Lisboa e Sul, mesmo todas, no que resta do mês de Novembro.

Dezembro chega com uma greve nacional logo seguida de uma vigília de 48 horas, frente ao Ministério da Educação. Ainda mal refeitos de duas noites ao relento, os professores rumarão de novo a todas as capitais de Distrito, nas regiões Norte, Centro, Lisboa e Sul, mesmo todas, desta feita já não para manifestações, que essas foram em Novembro, mas para as sequelas regionais da greve nacional.

A primeira contrariedade parece surgir no horizonte com o dealbar do dia 15 de Dezembro e o início das férias dos alunos, constrangimento que tecnicamente impede a continuação da greve às aulas, após aquela data. Mas senhores, não é a nossa história feita de contrariedades que com assinalável denodo soubemos ultrapassar e transformar em novas oportunidades? Com certeza que sim, e não há qualquer razão para que desta feita seja de forma diferente. Pois que se faça então a greve às reuniões de avaliação. Dos alunos, entenda-se, que nesta coisa das avaliações, como é bem de ver, ou há moralidade, ou ninguém é avaliado.

Desenganem-se porém os que julgam que a luta dos professores se fica por aqui, ainda que, reconheçamo-lo, fosse esse o caso e é certo que não envergonharia quem quer que fosse.

Na realidade, esta é apenas a face visível da contestação. Nos gabinetes, por certo em todas as capitais de Distrito, equipas de professores, coadjuvadas por técnicos de leis, permanecerão atentas e vigilantes a qualquer movimento que se assemelhe a uma tentativa de avaliação, por mais dissimulada que esta seja. O mais leve pestanejar da senhora ministra será profusamente escrutinado e a dar-se o caso de o professor Nogueira encontrar nesse ministerial movimento reflexo um sinal de que a excelentíssima senhora se prepara para simplificar o processo de avaliação, aí é que vão ser elas. De imediato serão preenchidos todos os impressos e requerimentos, anexadas as fundamentações e os pareceres jurídicos, e rumo aos Tribunais com as inevitáveis providências cautelares, destinadas a tudo parar, em todas as capitais de Distrito.

Aqui chegados, manda o rigor intelectual que neste blogue onde, não raras vezes, se criticou, de forma leviana, todas elas, a luta do professor Nogueira, dizia, manda o rigor intelectual que se reconheça, com frontalidade, que este modelo de avaliação dos professores os afasta da principal razão de ser da sua profissão: o Ensino.

Não porque o tenham de aplicar, mas porque o têm de contestar.

por SF às 00:09
link do post | comentar
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

«Em princípio, estando no PS, votarei PS»*

Manuel Alegre não se revê nas principais medidas  de política de Saúde, Trabalho e Educação, deste governo, como, por certo, não se irá rever em qualquer outra medida que suscite forte contestação pública.

Se, como diz, também não se vê a fazer campanha ao lado de Sócrates e já deu o que tinha a dar em matéria de congressos e disputas da liderança partidária,  o que o prende então ao PS?

Como pode um homem, ao qual sempre esteve associada uma imagem de frontalidade e coragem na defesa das suas convicções, subitamente recorrer à chantagem como arma de combate político, acenando desafiadoramente com o "seu" milhão de votos e a ameaça de uma ruptura? Porque tarda em se fazer à estrada, camarada?

*Manuel Alegre, em entrevista ao DN.

por SF às 02:16
link do post | comentar
Sábado, 15 de Novembro de 2008

Todos diferentes, todos iguais

Se Luís Filipe Menezes queria ir para a porta das fábricas, Manuela Ferreira Leite, com idêntico despudor demagógico, quer apanhar boleia da contestação dos professores defendendo a suspensão da avaliação, em vésperas de manifestação.

Se Menezes admitia que o PSD ainda não merecia ser alternativa, Manuela reconhece que a sua mensagem não passa. Se Menezes criticava a comunicação social, Manuela critica a comunicação social.

Se Santana era o número dois de Menezes, no Parlamento, promete agora ser o autarca número um de Manuela, em Lisboa.

Se com Menezes o PSD parecia não descolar nas sondagens, com Manuela Ferreira Leite o PSD ameaça afundar-se nas sondagens.

Passados seis meses sobre a sua eleição para a presidência do PSD, a liderança de Manuela Ferreira Leite apresenta cada vez maiores e perturbadoras semelhanças com a de Menezes. Curiosamente a liderança de Luís Filipe Menezes foi abruptamente interrompida ao fim de seis meses...

 

por SF às 02:07
link do post | comentar

Blindness

«Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara.»*

 

*«Livro dos Conselhos», de D. Duarte (Citado em «Ensaio sobre a Cegueira»)

por SF às 01:17
link do post | comentar | ver comentários (3)
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

Pudera!

A propósito do "caso BPN" - e imagino que também sem esquecer o "caso BCP" -, o presidente da Associação da Associação Portuguesa de Bancos defendeu ontem o desempenho do Banco de Portugal enquanto entidade reguladora dos sistema bancário nacional. João Salgueiro diz não ver «nenhuma razão» para se dizer que a supervisão falhou. 

por SF às 00:54
link do post | comentar
Domingo, 9 de Novembro de 2008

Avaliar é preciso

Definir objectivos, estabelecer metas, avaliar resultados, são hoje práticas comuns em qualquer organismo, entidade ou empresa. Neste quadro a avaliação do desempenho dos colaboradores surge como instrumento imprescindível de qualquer política de gestão. Porque razão há-de ser diferente nas nossas escolas? Ou será que é mais confortável continuar a atribuir a responsabilidade pelos «maus resultados» às políticas educativas «erradas» do governo, quaisquer que elas sejam, qualquer que ele seja?

por SF às 21:06
link do post | comentar | ver comentários (2)
Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

Saco Roto

Foi finalmente conhecida a sentença de Fátima Felgueiras, ao fim de nove anos de julgamento. Entre outras marotices do género, o Tribunal conseguiu apurar que a menina se fez deslocar a um congresso do PS em viatura da autarquia. Ui! Naughty girl!

Feitas as contas, são três anos de pena suspensa e a perda do mandato, dizem que é «cúmulo jurídico». O cúmulo, certamente!

por SF às 13:32
link do post | comentar
Quarta-feira, 5 de Novembro de 2008

Hoje acordei assim...

Ensonado!

por SF às 10:53
link do post | comentar

Crónica de uma vitória anunciada

«Barack Obama venceu as primárias do seu partido [ e esta noite as eleições presidenciais] com uma mão cheia de «mudança» e outra de coisa nenhuma, o que enquanto estratégia eleitoral, convenhamos, está longe de representar uma novidade. 

A novidade está  - e não deve ser menorizada - na capacidade mobilizadora do seu discurso, na credibilidade que empresta a cada frase, na forma como toca e faz acreditar cada americano.

Uma extraordinária habilidade para sentir e interpretar a sociedade norte americana e uma magistral condução política da sua campanha, transformaram Obama no homem certo, no lugar certo, no tempo certo. Nas últimas décadas do nosso tempo, poucos tiveram tamanho capital de confiança e de esperança. A ver vamos...»

Excerto de texto publicado aqui: 'In Obama will they trust?'

por SF às 06:23
link do post | comentar

Está confirmado!!

 

Zariff vai rumar para Washington. Saiba tudo na próxima edição do Expresso

 

 

por SF às 02:45
link do post | comentar

Obama ainda não ganhou, mas o (sub)mundo já começou a mudar

 

António Costa 'posta' no Abrupto.

 

por SF às 02:08
link do post | comentar

Pode ser que sim...

Vai por esse mundo fora uma grande excitação, a poucas horas de conhecermos o 44º presidente dos EUA, dizem. Eu não quero ser ave agoirenta, mas recordo que há oito anos atrás, por esta hora, estávamos na realidade a 30 dias de saber quem seria o 42º presidente dos EUA...

por SF às 01:39
link do post | comentar
Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

Who knows?

 

 

por SF às 00:09
link do post | comentar
Segunda-feira, 3 de Novembro de 2008

A minha primeira nacionalização

O 25 de Abril de 1974 apanhou-me com escassos três anos  e sem a consciência política evidenciada por Sócrates com a mesma idade. A nacionalização do BPN é assim a minha primeira nacionalização, um pouco ao jeito de 'a minha primeira Barbie' ou 'o meu primeiro portátil'. Just thrilling!

por SF às 11:16
link do post | comentar
Subscribe

Últimas

Palpite

Começo a achar que o Sócr...

Falsa modéstia

Quando pensávamos que já ...

Haja Fé

PSD: o desafio da próxima...

Porque amanhã é Sexta...

Primeiro estranha-se...

Parabéns, conseguiram!

Power Rangel

Está o professor cheio de...

Como é evidente

Desabafo

Parafraseando

...

Comentários recentes

diclofenac (http://voltarengel.ga/#6511), [url="ht...
levitra (http://generic-levitra.biz/#4498), [url="...
hydrochlorothiazide (http://microzide.cf/#1268), [...
tadalafil (http://buy-tadalafil.cf/#5714), [url="h...
levitra (http://generic-levitra.cf/#9176), [url="h...
mobic (http://mobicmedication.tk/#4617), [url="htt...

TV do baixo

Sintonize a TV do baixo

 

Pesquisar

 

Arquivos

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Sugestão do Baixo Alentejo

Visite

Ler de alto a baixo

blogs SAPO